Comportamento

A nossa vida é o nosso bem maior. Que não percamos o olhar de observadores atentos em tudo o que nos é oferecido para não entrarmos em roubadas maiores.

A regra primordial das tramas abusivas é o redirecionamento da energia vital das vítimas para outros fins que, com toda a certeza, não é o de gerar consciência.

Inventa-se verdades e outros mecanismos para impedir uma percepção mais acurada e legítima sobre a realidade, em uma forma de abuso velado. Muitas vítimas sequer sabem o quanto são participantes ativas deste espetáculo, cegamente obedecendo regras inventadas, inclusive em situações danosas e sem sentido.

Todos sabemos dos horrores e das severas dificuldades que qualquer tipo de abuso pode causar na vida de quem passou ou está passando por essa situação. Em meu consultório, por exemplo, a maioria dos pacientes que sofreram abusos vem com severos sintomas de estresse pós-traumático, ansiedade generalizada, tentativas de suicídio e depressão. Alguns estão tão emocionalmente prejudicados que necessitam ser medicados por psiquiatras, a fim de darem conta de entrar em contato nas sessões de terapia com as situações terríveis que passaram.

O assunto, portanto, é extremamente sério e jamais deveria ser banalizado a ponto de ser tratado por profissionais não qualificados com o cuidado e na profundidade que o tema requer. O alerta é para que não percamos o olhar de observadores atentos. Sempre deveríamos questionar o que nos é oferecido para não entrarmos em roubadas maiores.

💎Quanto mais despertos, melhor!

Silvia Malamud

FASES DO TRANSTORNO BIPOLAR

Durante o período de mania e euforia, além da sensação de excitação constante, milhões de ideias vem e vão. Parece que tudo passa pela mente de modo divino, lúcido e cristalino. A visão é de que tudo dará certo. Nesses momentos, os bipolares experimentam a vida como reis e rainhas, alucinam ter o poder para organizar tudo e se reconhecem como mais poderosos que a maioria dos mortais.

Porém, quando essa fase cessa, a pessoa antes altamente conectada e de bem com a vida, rápida e gradativamente muda de humor. O que supostamente era ótimo, começa a decair. Ao ser acometido pelo lado depressivo, o bipolar se sente distanciado da realidade, a ponto de não estar mais de acordo com quase nada e tudo perde o sentido. São nessas ocasiões que muitos se jogam numa cama desistindo fazer qualquer coisa. Outros, porém, no mesmo aspecto depressivo, ficam agressivos e arrumam brigas. A sensação de desconexão é tão negativa e intensa que se tem o desejo de não mais existir.

Bipolares diagnosticados precisam de ajuda terapêutica para ter um suporte acolhedor que os auxiliem na ruptura do padrão emocional que altera drasticamente a percepção da realidade. Ainda assim, fundamentalmente precisam acreditar que possuem o Transtorno Bipolar e saber que este fator em absoluto não é o fim do mundo e pode ser devidamente tratado. Neste sentido, aderir à medicação se torna fundamental em nome de terem uma vida plenamente satisfatória.

Muitos acabam estragando relacionamentos, rompendo com o trabalho e com familiares enquanto não compreenderem que as histórias se repetirão até que dêem andamento aos cuidados específicos necessários. Diagnosticar e tratar devidamente o Transtorno Bipolar não é problema, é solução.

💎Quanto mais despertos, melhor!

Silvia Malamud

CONHECE A TEORIA DO CENTÉSIMO MACACO?

Essa teoria possui base em observações científicas em uma costa do Japão, onde cientistas estudaram colônias de macacos habitantes de ilhas isoladas. Para poder manter o registro dos macacos, eles colocavam batata doce na praia para que os animas as comessem. Os macacos saíam das árvores para pegar as batatas e, assim, expunham-se a ser observados com total visibilidade.

Um dia, uma macaca de 18 meses chamada Imo começou a lavar a sua batata no mar antes de comê-la. Podemos imaginar que seu sabor tornava-se assim mais agradável, pois o tubérculo estava livre da areia e do cascalho e, talvez, ligeiramente salgada.

Imo mostrou aos outros macacos de sua idade e à sua mãe como fazer aquilo. Os animais jovens mostraram às próprias mães e, aos poucos, mais e mais macacos passaram a lavar as batatas.

No princípio, só os adultos que tinham imitado seus filhos aprenderam o jeito novo. Gradualmente, outros também adotaram o novo procedimento. Depois, os observadores perceberam que todos os macacos lavavam suas batatas doces, mesmo estando em ilhas isoladas umas das outras.

Ali estava uma validação para a teoria do campo morfogenético: o centésimo macaco foi o que virou o jogo para a cultura como um todo, aquele cuja mudança de comportamento alcançou um número crítico de macacos que modificaram sua conduta, e após o qual todos os animais de todas as ilhas passaram a lavar as suas batatas.

Sob outro ponto de vista, o que está em onda, ou seja, no plano mental como uma ideia para se materializar, caso não se materialize no tempo certo, a informação será transportada para outras ilhas (cérebros) e estas farão o serviço de transformarem o que é onda em partícula, ou, em outras palavras, a concretização das ideias na forma física.

💎Quanto mais despertos, melhor!

Silvia Malamud

A arte da escuta agrega valores e nos ajuda a saber mais sobre quem somos e sobre quem é o outro.

Com o imediatismo da atualidade, somando-se ao clima competitivo e à enorme dificuldade de alcançarem status financeiro e visibilidade, jovens de hoje reconhecidamente se tornaram impacientes ao extremo. Sequer se dão tempo suficiente para que minimamente alcancem uma estrutura interior de conhecimento, bem como para criarem as suas próprias histórias com alguma base. A maioria não dá a devida importância às etapas de desenvolvimento, não honrando a herança de conhecimento de quem veio antes deles.

Quando abrem espaço para receber opiniões diferentes das suas sem se sentirem ofendidos ou reativos já é sinal de maturidade e de inteligência emocional, por não se sentirem atacados ou diminuídos, entendendo que as pessoas podem ter ideias e vivências diferentes das deles e que estas também podem ser válidas.

A grande dificuldade de receber qualquer tipo de percepção de quem já fez e construiu é o grande impedidor para que eles próprios se sintam em paz e seguros no que fazem. Não há tempo para uma reflexão, ficam ofendidos com qualquer olhar que os denunciem em seus movimentos rasos. Reativos e enfurecidos, vão para o ataque num movimento desrespeitoso a quem quer que seja. São jovens narcisistas que facilmente se ofendem e julgam como inimigos àqueles que lhes oferecem ideias e ideais diferentes dos seus.

Porém, aqueles que conseguem entrar em contato com a diversidade e fazer reflexões sem se sentirem criticados, julgados ou ressentidos, saem ganhando e certamente terão muito mais chance de conquistar o que desejarem.

💎Quanto mais despertos, melhor!

Silvia Malamud

1 2 3 8
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram